quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Rastas... 'Yo!'

Pela manhãzinha (leia-se 7:30), ao entrar no autocarro sento-me num banco que tinha os dois lugares livres, atrás de outro que também se encontrava com os dois lugares livres. Logo atrás de mim entra um rapaz (sim, rapaz... Não tinha mais que 20 ou 21 anos, se tinha disfarçava bem) com rastas, nem sei se este é bem o termo certo. Ok, é certo que eu acredito que seja muito higiénico e que a minha falta de conhecimento sobre o assunto me leve a pensar o contrário mas, porque raio é que ninguém se sentou ao lado do rapaz?! Pode ter sido pura coincidência, mas o lugar ao lado do dele era o único (sim o Ú-N-I-C-O em 50 lugares) que não estava ocupado. Acho, e lamento, que ainda há muito preconceito em relação a este tema. Também sei que existe muitas pessoas com uma higiene abaixo do considerável pela maioria, mas não tem necessariamente de ser o caso dos chamados rastas e digo necessariamente por há pessoas com este tipo de higiene em todo o lado, até nos supostos "bem-sucedidos" e "grandes".

A minha santa ignorância levou-me a pesquisar um bocadinho o assunto e eis que a boa da wikipédia me diz  que não este estilo 'rastoso' dá pelo nome de Dreadlock e eu fiquei impressionada, é que rasta parece-me tão bera. E mais, a origem deste estilo é Queniana! Opá, é tão bom saber estas coisas... Dá para me 'cultivar' de vez em quando e não preciso de prender os pés à terra!

EDIT: Aqui está uma imagem retirada da qikipédia em que se pode ver rastas naturais (ok, há umas que até são mais bonitas...).


6 comentários:

  1. Não acho piada nenhuma a isso e sinceramente tenho mesmo de pesquisar para saber como raio se lavam os cabelos.

    ResponderEliminar
  2. Vamos pensar positivo e pensar que foi coincidência.

    ResponderEliminar
  3. Não tenho nada contra mas não gosto de ver... Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Mas, convenhamos: no mínimo é um pouco anti-higiénico.
    Particularmente acho bastante porco. Além de que, dá a todos pinta de chulo. Não?

    ResponderEliminar
  5. Eu não consigo achar graça nenhuma.

    ResponderEliminar

"Thank you, come again!"